Auxilio Brasil: Saiba como Receber sua parcela este mês de Junho


Publicidade


A sexta mensalidade do auxílio Brasil para 2022 começa no dia 17, dando um basta na angústia. Pelo menos R$ 400,00 serão disponibilizados para mais de 18 milhões de famílias socialmente desfavorecidas a partir de sexta-feira.


Publicidade


Esse é o mínimo que o Auxílio Brasil deve ter conforme a versão mais atualizada da Medida Provisória (MP) que institui o programa. No entanto, algumas famílias podem ter direito a até R$ 1 mil em benefícios complementares se atenderem aos critérios de cada um desses esforços.

O Ministério da Cidadania ainda não confirmou rumores de que o Auxílio Brasil seria ampliado para incluir mais beneficiários.


Publicidade


Continue a leitura!

Participação no programa Auxílio Brasil

Para uma chance de inclusão no Auxílio Brasil, uma inscrição ativa do Cadastro Único (CadÚnico) do governo federal é um passo inicial necessário. Uma vez cadastrado, o representante de uma família receberá um único benefício para todos os membros de seu grupo familiar se o cadastro for aceito.

Auxílio Brasil – Fonte: Ministério da Cidadania

A capacidade do Auxílio Brasil de aumentar sua mensalidade está atrelada aos atributos de cada membro da família, conforme mencionado anteriormente.

Uma família elegível deve ter uma renda mensal de pelo menos meio salário mínimo para cada membro ou três salários mínimos para toda a família para ingressar no CadÚnico. Procure o departamento de assistência social da cidade para obter ajuda se você e sua família se enquadram nos requisitos.


Publicidade



Publicidade


Como posso me tornar um membro do CadÚnico?

Para ingressar no CadÚnico, você deve fazer o seguinte:

  • Ter as perguntas de registro respondidas por um representante da família. Este indivíduo deve ter pelo menos 16 anos e residir na mesma casa.
  • O CPF ou Título de Eleitor é necessário para o chefe da família, que seja de preferência uma mulher.
  • No caso de pessoa física responsável por famílias indígenas e quilombolas, poderá ser produzida qualquer uma das documentações listadas abaixo. Nem sempre é o CPF ou o Título de Eleitor.

Além disso, pelo menos um dos seguintes documentos deve ser apresentado por cada membro da família:

  • CPF;
  • Carteira de Identidade (RG);
  • Certidão de Casamento;
  • Certidão Administrativa de Nascimento do Indígena (RANI);
  • Certidão de Nascimento;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor.

No ato da inscrição, você deve apresentar adicionalmente comprovante de residência (nos últimos três meses). Pode ser uma conta de luz ou água. É fundamental que a família tenha informações precisas em caso de qualquer alteração. A regra exige um recadastramento anual, com base na data do primeiro registro.


Publicidade


Envie a mesma documentação anualmente ou no máximo a cada dois anos para manter os dados atualizados. Após o cadastro, você só precisa garantir o cumprimento das regulamentações exclusivas da Auxílio Brasil e aguardar a aceitação.

Quem pode receber o auxílio?

O Auxílio Brasil tem como público-alvo famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica que incluem gestantes, crianças e adolescentes em sua formação.

A elegibilidade é separada em duas seções, a primeira composta por pessoas em situação de extrema pobreza com renda domiciliar per capita superior a R$ 105,00. O segundo grupo compreende indivíduos em situação de pobreza com renda familiar entre R$ 105,01 e R$ 210,00.

Existem três meios de obter o auxílio:

  1. Se você já recebeu o Bolsa Família, o Auxílio Brasil será pago automaticamente;
  2. Se você está matriculado no CadÚnico, mas não recebeu o Bolsa Família: prossiga para a lista de reserva;
  3. Se você não estiver no CadÚnico, deve ir a um CRAS para se registrar, sem garantia de aprovação.

Calendário de pagamento do auxílio mês de junho

No dia 17 de junho será efetuado o pagamento da segunda parcela do Auxílio Brasil para a primeira turma (inscritos com NIS 1 final). Como a Caixa não faz pagamentos aos finais de semana, o depósito é feito para o grupo seguinte na segunda-feira, dia 20.

Devido ao fato de que o vale gás e o Auxílio Brasil são depositados em simultâneo, as datas de pagamento do vale em junho coincidirão com as datas de depósito do Auxílio Brasil. A tabela de benefícios será finalizada com o pagamento para todos os grupos no dia 30 de junho.

Leia também: População ainda pode se cadastrar para receber o Vale Gás em junho

Número final do NISData de depósito
117 de junho
220 de junho
321 de junho
422 de junho
523 de junho
624 de junho
727 de junho
828 de junho
929 de junho
030 de junho

Confira Também

Carregando …