essencial-14111
O objetivo é educar a população sobre diagnóstico precoce do câncer de pele

Você sabia que o câncer de pele é o mais comum no Brasil? E que esses casos continuam aumentando? Uma pesquisa recente revelou que a maioria da população brasileira nunca teve pintas e manchas de pele avaliadas por um dermatologista (fonte: IPSOS para La Roche-Posay, 2015). Além disso, este tipo de câncer não é mais a primeira preocupação da mulher brasileira com a pele, como era há 5 anos (Harris Institute, com L’Oréal, 2014). Mas a boa notícia é que 90% dos casos de câncer de pele podem ser curados se detectados precocemente.

Pelo segundo ano, a La Roche-Posay em parceria com a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), iniciou em setembro último uma ação para engajar a população sobre a identificação precoce de sinais suspeitos de câncer da pele: a campanha Skinchecker. Este ano, o objetivo também é incentivar as pessoas as procurarem pintas suspeitas até mesmo em partes do corpo menos expostas como orelhas, peito e pés.

O mote desta campanha é que cada pessoa tenha um papel importante na identificação de um dos tipos de câncer de pele (melanoma), tornando-se alguém que se preocupa não só em checar os seus sinais como também das pessoas que ela gosta.

Para atrair a população para a questão das manchas e sinais espalhados pelo corpo, a La Roche-Posay desenvolveu um segundo vídeo emocionante e lúdico, que traz – desta vez – o dálmata com um filhote de gato em um olhar diferenciado e cuidadoso para os sinais uns dos outros. Na versão 2016, o gatinho procura por pintas “escondidas” como atrás das orelhas, no couro cabelo, abaixo do peito, entre os dedos dos pés e das mãos e até mesmo nos lugares mais escondidos, como o bumbum.

O propósito foi chamar a atenção para a necessidade do autoexame e especialmente incentivar as pessoas a cuidarem de quem gostam – o grande diferencial da campanha.

 

Para ver o vídeo, acesse: https://we.tl/XsFZudWt7G