Saiba como acalmar a pele após queimaduras do sol
Certos cuidados ajudam a aliviar o incômodo

Com a chegada do verão, é comum que as pessoas se atirem ao sol para conseguir aquele bronzeado mas, ao invés disso, fiquem com a pele vermelha parecendo um“pimentão”. A radiação que o sol emite queima as células fazendo-as morrer e danificando o DNA, o que causa inflamação. Por isso, a pele fica vermelha, ardida e inchada.
Diante desses casos, é preciso tomar alguns cuidados para minimizar o incômodo. Confira:
- Aplicar compressas frias sobre a pele quente para diminuir a ardência e a sensação de calor.
- Hidratar a pele sem medo. Uma alternativa para aliviar a dor é colocar o creme na geladeira por alguns minutos antes de fazer a aplicação.
- Beber muito líquido.
- Evitar nova exposição ao sol. Ficar na sombra com roupas largas e frescas.
- Nunca puxar a pele descamada ou estourar as bolhas. Elas servem de proteção para a pele nova e sensível que ainda vai amadurecer.
Fonte: Dermatologista Miriam Sabino

Com a chegada do verão, é comum que as pessoas se atirem ao sol para conseguir aquele bronzeado mas, ao invés disso, fiquem com a pele vermelha parecendo um“pimentão”. A radiação que o sol emite queima as células fazendo-as morrer e danificando o DNA, o que causa inflamação. Por isso, a pele fica vermelha, ardida e inchada. 

Diante desses casos, é preciso tomar alguns cuidados para minimizar o incômodo. Confira:

- Aplicar compressas frias sobre a pele quente para diminuir a ardência e a sensação de calor.

- Hidratar a pele sem medo. Uma alternativa para aliviar a dor é colocar o creme na geladeira por alguns minutos antes de fazer a aplicação.

- Beber muito líquido.

- Evitar nova exposição ao sol. Ficar na sombra com roupas largas e frescas.

- Nunca puxar a pele descamada ou estourar as bolhas. Elas servem de proteção para a pele nova e sensível que ainda vai amadurecer. 

Fonte: Dermatologista Miriam Sabino / Foto: Shutterstock